A Coopertativa

Nossa cooperativa

Nossa responsabilidade como líder de mercado é grande. Para manter esta liderança buscamos constantemente novas e melhores maneiras para aperfeiçoar nossos serviços dentro de critérios de segurança, conforto, eficiência e preço justo. Dispomos hoje de uma frota com veículos novos, de várias marcas e modelos, distribuídos estrategicamente em vários pontos na grande Belém, o que nos permite atender ao chamado de um cliente com grande rapidez e agilidade.

Nossa Estrutura Organizacional



Pensando em oferecer mais qualidade aos clientes, e nunca esquecendo dos cooperados, coletando depoimentos sobre a empresa, sabendo das dificuldades para poder estudar e colocar em prática. Este é nosso foco, saber ouvir e perceber onde temos, devemos e podemos melhorar. 

Administrativamente somos altamente organizados, possuindo um conselho diretor, presidente, setor de RH estruturado, regimento interno para regular as condutas dos cooperados e muito mais. Além dos 120 cooperados, 20 colaboradores fazem a nossa “máquina” andar com sucesso. 

Agradecemos a você cliente pela credibilidade e confiança em nosso trabalho, possibilitando que galgássemos os degraus até a atual excelência. Conte conosco sempre conosco!

Nossa História

       O sonho dos cooperados, ainda na da década de 90, era criar a rádio táxi Cooperdoca e ter sua sede própria. Com o sucesso da empresa, muitos cooperados deixavam de fazer corridas de rua para poder atender as solicitações, que naquele tempo já era muito grande. 

         A Cooperdoca tinha na época cerca de 50 cooperados, dos quais 25% trabalhavam no período noturno. Durante esta fase foram feitos muitos estudos e análises pelos membros da Diretoria, realizadas várias reuniões para poder levar os resultados destas pesquisas a uma assembleia. Foram meses de estudos, muitas chamadas não eram atendidas, carros voltavam devido a demora, clientes desperdiçados… Por várias vezes o diretor da época deixou de fazer corridas para atender o telefone do call center e passar as corridas para os outros cooperados. Os resultados foram relatados e diretoria expôs a situação aos cooperados. 

      A Cooperdoca deveria implantar um sistema de rádio táxi. Mobilizando-se então para dar início a compra de rádios, centrais de comunicação e obter a liberação junto com a ANATEL, a diretoria contratou um profissional em telecomunicações para implementar um projeto técnico de um sistema de radiocomunicação. Em janeiro de 2006, chega a autorização da ANATEL, a felicidade toma conta de todos cooperados, pois o primeiro importante passo para o rádio táxi havia sido dado. Foi o projeto mais ousado em termos de investimento já feito na empresa.  

      Enfim um sonho realizado e surge no mercado paraense a rádio táxi Cooperdoca. Fomos a primeira cooperativa originada de um ponto fixo a se tornar uma rádio táxi. Estudos feitos em um determinado período de tempo demonstraram que a Cooperdoca já era a melhor empresa de táxi do estado do Pará, sendo procurada por empresas de grande porte, de nomes fortes no mercado, para atender seus funcionários: juízes, advogados, médicos, etc.

pngegg (7)
Rolar para o topo